traqueostomia

Como cuidar de uma pessoa com traqueostomia?

A traqueostomia (TQT) é um procedimento cirúrgico que consiste em um pequeno orifício artificial feito na garganta, onde ocorre a abertura da traqueia para facilitar a chegada de ar até os pulmões.

Essa intervenção, geralmente, é feita quando existe algum tipo de bloqueio no caminho do ar. Ele pode ser provocado por inflamação ou tumores da garganta após uma cirurgia, quando há o acúmulo de secreção traqueal ou inutilização da musculatura respiratória. Sendo assim, esse procedimento pode ser mantido durante alguns dias (temporária) ou, até mesmo, para o resto da vida (definitiva).

Se porventura for necessário manter a traqueostomia por muito tempo ou de forma definitiva, é fundamental manter os cuidados de maneira correta, com o intuito de evitar complicações.

Quando a pessoa está acamada, esses cuidados normalmente são realizados pelo cuidador, mas também pode ser feito pelo próprio paciente, quando ele se sente capacitado para isso.

O que fazer para cuidar de uma pessoa com traqueostomia?

Para evitar problemas, é necessário alguns cuidados especiais na manutenção da cânula, deixando-a sempre limpa, bem como efetuar a troca de todos os componentes de acordo com as orientações do seu médico.

Ademais, é de suma importância observar sempre o local da intervenção. Se estiver inchado ou vermelho, esses sinais podem indicar o aparecimento de algum tipo de infecção e deve ser informada ao médico o mais breve possível.

Como manter a cânula sempre limpa?

Veja, a seguir, alguns cuidados para a manter a cânula sempre limpa e sem secreções:

1- Lavar sempre as mãos antes e depois da manutenção, bem como embaixo das unhas.

2- Secar as mãos com papel toalha ou um pano limpo, ou usar álcool e deixá-las secar naturalmente.

3- Sempre executar o procedimento com luvas descartáveis;

4-  Remover a cânula interior e colocá-la em um frasco com água e sabão por cerca de cinco minutos.

5- O interior da cânula externa deve ser aspirado. Esse procedimento deve ser feito com o aspirador de secreções, mas, caso não o possua, pode ser injetada uma pequena dose de soro fisiológico. Isso vai provocar tosse e ajudar a remover as secreções acumuladas nas vias respiratórias do paciente.

6- Trocar os curativos que ficam em volta do procedimento, pelo menos duas vezes por dia.

7- Limpe a cânula interna, por dentro e por fora, usando uma esponja.

8- A cânula suja deve ficar por aproximadamente 10 minutos em água fervente.

9- Se o paciente precisar passar muito tempo fora de casa, é necessário tapar o tubo para evitar que secreções ou sujeiras possam obstruí-lo.

10- Praias ou piscinas devem ser evitadas. Caso entre água no tubo, pode acontecer engasgos, infecções bacterianas e até mesmo morte por engasgamento.

Vale ressaltar que a cânula exterior só deve ser substituída por uma especialista de saúde, uma vez que existe o risco de sufocamento se for feito em casa.

Sendo assim, o paciente deve se dirigir ao hospital pelo menos uma vez por semana ou conforme orientação médica para trocar todo o kit da traqueostomia.

Como trocar a almofada?

Após a remoção da almofada, que deve ser trocada sempre que estiver molhada ou suja, a pele em torno do orifício deve ser limpa com soro fisiológico e, em seguida, ser aplicado um pouco de creme hidratante sem cheiro.

Para colocar uma outra almofada, utilize as próprias para traqueostomia ou coloque duas compressas limpas com um corte na parte superior.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em cirurgia torácica em Belo Horizonte!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp