pulmões saudáveis

Fumantes podem ter pulmões saudáveis?

Esse é um assunto considerado bastante polêmico e que, quando mencionado, sempre gera um grande debate entre fumantes e não fumantes. Isso porque algumas pessoas acreditam que é sim possível fumar e ao mesmo tempo ter pulmões saudáveis, já outras discordam totalmente. Mas, afinal, quem está certo?

Ainda que seja muito raro, é realmente possível que alguns fumantes tenham os pulmões limpos caso o usuário pare de fumar. Porém, a ciência nunca soube explicar por qual razão isso acontece.

No entanto, a partir de um estudo realizado no ano de 2015, uma equipe de cientistas descobriu o porquê de uma pequena quantidade de fumantes não desenvolverem problemas pulmonares, mesmo após terem consumido cigarro por um longo período de tempo.

Entretanto, antes de saber o que diz esse estudo, é preciso entender mais a fundo os danos que o tabaco causa para o pulmão. 

Prejuízos causados pelo hábito de fumar 

O tabagismo é considerado um problema de saúde pública em todo o mundo. Isso se dá em razão dele estar relacionado com um grande número de doenças com alta taxa de mortalidade.

Para se ter uma ideia, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 7 milhões de pessoas morrem anualmente em decorrência de problemas causados pelo hábito de fumar.

No que diz respeito aos efeitos nocivos causados pelo cigarro, a função respiratória é a área mais afetada. Contudo, as substâncias tóxicas se espalham por todo o organismo, podendo causar diversos danos e doenças.

Um levantamento realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), evidenciou que o consumo de tabaco e seus derivados pode causar cerca de 50 doenças diferentes, que incluem o câncer, doenças pulmonares obstrutivas crônicas (DPOC), infecção das vias respiratórias, crises de asma, entre outras..

Além disso, o tabagismo também pode causar impotência sexual no homem, complicações na gravidez e trombose vascular. Assim como é comprovado que não fumantes que convivem com fumantes são agredidos pela fumaça, e acabam se tornando fumantes passivos com o mesmo risco de desenvolver esses problemas.

O que diz o estudo sobre a possibilidade de alguns fumantes terem pulmões saudáveis

Antes de tudo, é importante deixar claro que o pulmão de um fumante ou ex-fumante nunca será saudável como o de um não fumante.

O estudo foi realizado pela equipe de agência de pesquisa do governo Medical Research Council, e evidenciou que mutações presentes no DNA de determinadas pessoas aprimoram suas funções pulmonares, mascarando o impacto mortal ocasionado pelo cigarro.

Utilizando dados de condições de saúde e informações genéticas de alguns voluntários, os pesquisadores examinaram também problemas como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

Comparando fumantes e não fumantes, e também pessoas com e sem DPOC, eles chegaram a conclusão que existem trechos no DNA de alguns indivíduos que reduzem o risco da doença.

Dessa forma, fumantes que possuem “bons genes” tinham um risco bem menor de desenvolver essa doença do que aqueles com “genes ruins”.

Ainda de acordo com os cientistas que participaram da pesquisa, todas essas descobertas podem ser extremamente importantes para a criação de novos medicamentos que proporcionem uma melhora nas funções pulmonares.

Apesar disso tudo, eles fizeram questão de deixar claro que a melhor opção para ter pulmões saudáveis sempre será não fumar. Não existe nenhuma solução mágica que garanta proteção contra os danos causados pelo tabaco.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em cirurgia torácica em Belo Horizonte!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp