peito de pombo: quando procurar um cirurgião

Peito de Pombo: Quando procurar um cirurgião torácico?

Você já ouviu falar em peito de pombo? A condição é conhecida cientificamente como Pectus carinatum. Trata-se de uma malformação rara que pode causar muito desconforto e constrangimento. 

Mais comum em meninos, o problema pode passar despercebido. No entanto, dependendo do grau de alteração, pode se tornar um verdadeiro motivo de constrangimento.

Quer saber mais sobre o assunto, e, principalmente, quando procurar ajuda profissional? Continue a leitura. 

O que é o peito de pombo?

Peito de pombo é uma condição que ocorre quando o osso esterno é empurrado para frente. Como resultado, o peito se curva para fora. A causa é um defeito de crescimento excessivo nas cartilagens que ligam as costelas ao osso esterno, formando uma protuberância.

De acordo com o Boston Children ‘s Hospital, essa condição aparece em aproximadamente 1 em cada 1.500 crianças. Ainda, em 15% dos casos ocorre a famosa escoliose, uma curvatura da coluna vertebral.

O problema, que torna o tórax mais pronunciado, é mais frequentemente em meninos, sendo que no período da adolescência é quando ele é mais evidente. 

Quais são os sintomas do peito de pombo?

A maioria das pessoas com essa condição não apresenta sintomas, mas, para algumas, pode haver dor no peito durante o período de crescimento e desenvolvimento acelerados. 

Embora a condição não cause nenhum dano conhecido aos pulmões ou ao coração, o impacto psicológico afeta a imagem corporal do indivíduo e, muitas vezes, a autoestima.

Quando procurar tratamento?

Os sintomas podem ser psicológicos e envolvem a percepção estética da imagem do paciente. Por se tratar de uma deformação, o peito de pombo pode causar problemas na autoestima e sociabilidade do indivíduo. Assim, mesmo que os sintomas físicos não estejam presentes, o tratamento ainda é válido para devolver a confiança e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Assim, o tratamento é indicado para casos graves da doença, principalmente naqueles de que se incomodam com a deformação, mas também para aqueles que têm sintomas físicos como dores leves durante o crescimento. 

Quais as opções de tratamento para o peito de pombo?

Existem muitas opções de tratamento para o peito de pombo, incluindo órteses, cirurgias e exercícios. Veja mais sobre cada um abaixo:

1- Órteses

É a abordagem mais comum para casos leves a moderados. Este suporte semi-acolchado corrige a presença externa do tórax ao longo do tempo, com a pressão consistente da cartilagem. Assim, essa pressão faz com que a cartilagem se reformule gradualmente. Os resultados são tipicamente vistos nos primeiros meses.

2- Cirurgia

O tratamento cirúrgico, geralmente, inclui um procedimento no qual o cirurgião remove a cartilagem, que está empurrando o esterno para fora.

Isso é feito por incisão na área do peito médio. São retiradas as cartilagens costais que tiveram crescimento anormal e corrigida a angulação do osso esterno. O procedimento é realizado sob anestesia geral e requer uma internação de aproximadamente 3 a 5 dias.

3- Exercícios

Nos últimos anos, exercícios também têm sido experimentados como meio de tratamento para o peito de pombo. As atividades têm como alvo os músculos que circundam a área saliente e são projetados para diminuir a aparência da cavidade torácica externa.

Essa solução pode não ser apropriada para casos moderados a graves. 

É importante falar com seu médico antes de considerar qualquer tipo de tratamento. Assim, procure um cirurgião torácico se seu filho estiver reclamando da aparência do peito dele ou de dificuldade para respirar. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como cirurgiões torácicos em Belo Horizonte!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp