câncer de pulmão

Quais os estágios do câncer de pulmão?

Frequentemente associado ao tabaco, o câncer de pulmão é um dos cânceres mais comuns. Ele se apresenta de duas formas diferentes: câncer de pulmão de células não pequenas e de células pequenas. Dependendo da evolução, existem alguns estágios associados aos tratamentos necessários.

Confira melhor neste artigo!

Os diferentes tipos de câncer de pulmão

Existem vários tipos de câncer de pulmão.

Assim, deve ser feita uma distinção entre os cânceres primários, que apareceram primeiro nos pulmões, dos cânceres secundários, que se desenvolveram em outra parte do corpo e depois se espalharam para os pulmões.

Dentro dos cânceres primários, o exame das células cancerosas (exame anatomopatológico) torna possível distinguir:

  • Câncer de células escamosas;
  • Adenocarcinomas;
  • Carcinomas de células grandes;
  • Carcinomas de células pequenas.

Essas quatro categorias representam a maioria dos cânceres de pulmão. Eles pertencem a uma de duas grandes famílias: câncer de pulmão de células não pequenas e de células pequenas.

O câncer de células pequenas cresce muito mais rápido e tem maior probabilidade de se espalhar para outros órgãos.

Antes de poder decidir sobre o tratamento, o médico avalia o estágio de avanço do câncer, ou seja, determina seu grau de evolução. Isso ocorre, porque o estadiamento descreve ou categoriza o câncer com base na quantidade existente no corpo, além de onde foi inicialmente diagnosticado.

Por sua vez, as informações dos testes auxiliam em informações como: o tamanho do tumor, quais partes do órgão têm câncer, se ele se espalhou, de onde começou, etc.

Dessa forma, dependendo do tipo, as opções são diferentes. Assim, a equipe de saúde usa o estágio para planejar seu tratamento e prever o resultado (prognóstico).

Para cânceres de células não pequenas

O curso desses cânceres passa por quatro fases:

  • O primeiro estágio é um câncer muito localizado, que não invadiu os gânglios linfáticos;
  • No segundo estágio, o câncer se espalhou para os nódulos linfáticos próximos;
  • Já no terceiro estágio, o câncer se espalhou para órgãos próximos à sua localização inicial (parede torácica, etc.);
  • O quarto estágio representa uma extensão do câncer a um órgão de localização distante (metástase).

Para câncer de células pequenas

Os dois estágios de desenvolvimento do câncer de células pequenas são:

  • Estágio limitado: quando o câncer permanece no tórax;
  • Patologias disseminadas: cânceres que se espalharam para outros órgãos fora do tórax.

Como a cirurgia é raramente eficaz no tratamento desse tipo de câncer, o estágio de desenvolvimento não é tão importante para orientar a escolha da terapia quanto para o primeiro tipo.

Por fim, seja qual for o tipo de câncer, a escolha do tratamento deve ser feita em reunião multidisciplinar de especialistas.

Nesse sentido, existem três tipos de tratamento comuns: cirurgia, radioterapia e tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapias direcionadas e imunoterapia).

Eles funcionam ​​sozinhos ou em combinação, dependendo do estágio (grau de evolução) da doença, da localização precisa do câncer e do estado geral de saúde.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho em cirurgia torácica em Belo Horizonte!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp